Home Destaque 4 pontos turísticos de Beagá para você conhecer agora mesmo

4 pontos turísticos de Beagá para você conhecer agora mesmo

10 min read
0
1

Belo Horizonte é o coração do estado de Minas Gerais. Fundada em 1897 foi a primeira cidade planejada do Brasil e após a decadência de Ouro Preto como capital, foi escolhida para ser a nova sede do poder estado. Uma curiosidade é que a localidade já foi indicada como uma das cidades com melhor qualidade de vida na América Latina e já esteve entre as cem melhores cidades do mundo.

E você? Já conhece ou já esteve em BH? Em minas pode não ter mar, mas as opções de lazer e diversão oferecidas pela cidade com certeza não deixam a desejar. São diversos museus, parques naturais, teatros, praças, igrejas e obras arquitetônicas. Aqui, vamos conhecer um pouco mais de quatro pontos bem específicos da capital mineira, que claro, não podemos deixar de visitar.

 

Praça da liberdade é um dos cartões postais de BH - Foto: Divulgação/internet
Praça da liberdade é um dos cartões postais de BH – Foto: Divulgação/internet

Praça da Liberdade

Pode ser considerada uma das praças mais bonitas e agradáveis do país. Localizada na região da Savassi a sua construção foi iniciada durante a fundação da nova capital de Minas Gerais. A princípio a sua intenção era abrigar a sede do poder mineiro, os prédios do Palácio do Governo junto com as Secretarias. Porém, ao longo dos anos o local foi recebendo novas obras arquitetônicas. Uma curiosidade é que prédios como o Edifício Niemeyer e a Biblioteca Pública foram projetados por Oscar Niemeyer.

A praça é linda e excelente para se fazer uma caminhada. É um dos passeios obrigatórios para que vai a Beagá. Além de ser rodeada de museus e centros culturais, você pode tranquilamente passar o dia conhecendo o local que é bem arborizado, com bastante movimento e que com certeza renderá belas fotos.

Mercado Central

Sem dúvida é um dos melhores do mundo na categoria. Foi fundado em 1929 pelo então prefeito Cristiano Machado, e na época era um campo aberto com barracas simples e não passava de um centro de distribuição de alimentos. Hoje, por lá se encontra de tudo. Frutas, bares, restaurantes, queijos, frios e muito mais coisas. Um point para os belorizontinos e também para os turistas.

É um dos lugares mais aconchegantes da cidade. Há locais para apreciar uma boa comida mineira e um famoso feijão tropeiro. Sabe aquele happy hour bacana? Também pode ser feito por lá. Se a procura é pela fé, diversos artigos religiosos e exotéricos podem ser encontrados. Se a intenção e levar uma lembrancinha de Belo Horizonte, um docinho de leite, um queijo minas, o Mercado Central é o local perfeito para isso.

Na verdade, quase tudo pode ser encontrado por ali. Se for a BH não se esqueça de dar uma passadinha no Mercado. Além de todas as iguarias, tem um ‘causo’ em cada canto, claro que também um jeitinho mineiro único de recepcionar as pessoas.

O local funciona de segunda a sábado, das 7h às 18h. E aos domingos até as 13h.

Praça Israel Pinheiro/ Praça do Papa

Está localizada no bairro das Mangabeiras, próxima à base da Serra do Curral, no final da Avenida Agulhas Negras e a mais de 1.100 metros de altitude. Próximo ao local também estão outros pontos turísticos de BH como o Parque das Mangabeiras. A princípio seu nome homenageia o ex-governador de Minas Israel Pinheiro. Porém, o nome “Praça do Papa” se consagrou após uma visita de João Paulo II à capital mineira, onde ele ressaltou que para onde se olhasse da praça, se enxergava um Belo Horizonte.

A Praça do Papa tem uma visão belíssima da cidade de Belo Horizonte e já é um ponto turístico consagrado. É perfeito para relaxar e acompanhar o pôr do sol.  Um bom complemento para fazer ao passeio é ir ao Parque das Mangabeiras.

Igreja São Francisco de Assis

Fundada em 1943 e com projeto arquitetônico de Oscar Niemeyer foi o último prédio a ser inaugurado no famoso Conjunto Arquitetônico da Pampulha. Uma curiosidade é que, por conta de seu design e do painel de Portinari, onde se vê um cachorro representando um lobo junto à São Francisco de Assis, a consagração da capela não foi permitida por durante muitos anos. No total foram quatorze anos de proibição ao culto no local.

A Via Crúcis é uma das obras mais famosas do mundo e está no interior da Igreja. São quatorze painéis feitos por Cândido Portinari e que são uma das suas obras mais significativas. Os painéis externos também são do artista. A Igreja São Francisco de Assis é um dos pontos mais conhecidos da cidade e um dos maiores cartões postais de BH. O local funciona de terça à sexta feira das 9h às 17h e aos domingos de 8h às 12h.

 

Gostou? Quer saber mais? Visite Belo Horizonte. Essa é só uma pequena amostra do que a cidade tem a oferecer.

4 pontos turísticos de Beagá para você conhecer agora mesmo
Qual sua nota para o artigo?
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais Destaque

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *