Home Destaque Gás de cozinha deve sofrer queda nos preços

Gás de cozinha deve sofrer queda nos preços

3 min read
0
0

 

Preço deve cair até 5% nas refinarias. Foto: Divulgaçãogas de

Depois da gasolina, agora é a vez do gás de cozinha. Após várias altas seguidas, o preço do GLP deve cair 5% nas refinarias da Petrobras em todo o Brasil. Uma outra novidade dita pela empresa é que em 2018 os reajustes passarão a ser trimestrais e não mais mensais.

Os reajustes poderão ou não serem refletidos no preço final, uma vez que, a lei prevê a liberdade de preços no mercado de combustíveis.

As revisões feitas pela Petrobras poderão ou não se refletir no preço final ao consumidor, uma vez que a lei brasileira. De acordo com a empresa, a queda no valor acontece em decorrência de uma revisão feita pela companhia nos preços do gás de uso residencial.

Em nota, a Petrobras informa que o objetivo da decisão foi “suavizar os repasses da volatilidade dos preços ocorridos no mercado internacional para o preço doméstico, ao mesmo tempo em que se mantém o disposto na Resolução 4/2005 do Conselho Nacional de Política Energética, que reconhece como de interesse da política energética nacional a prática de preços diferenciados para a comercialização do GLP de uso residencial”.

Estes novos critérios permitirão manter o valor do GLP referenciado no mercado internacional, “mas diluirão os efeitos de aumentos de preços tipicamente concentrados no fim de cada ano, dada a sazonalidade do produto, embora a referência continuará sendo o preço do butano e propano comercializado no mercado europeu, acrescido de margem de 5%”, diz a nota.

 

Gás de cozinha deve sofrer queda nos preços
Qual sua nota para o artigo?
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais Destaque

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *